quinta-feira, 18 de maio de 2017

Spray Mata-Capeta?


Correu pela internet a notícia de que o Pastor Silas Malafaia iria lançar um produto revolucionário, um capeticida. Um spray que além de tirar o dinheiro dos fiéis, tiraria também o capeta. O Pastor deve ter se inspirado na Polícia Militar, não estou falando do caráter duvidoso, mas sim do spray de pimenta que a PM usa para dispersar pobres diabos que fazem baderna por aí.

Tenho a esperança de que com esse spray diminua o barulho nas igrejas na hora do exorcismo, afinal Deus não é surdo. Esses dias assisti um exorcismo em uma igreja aqui perto de casa. Descobri que os demônios falam gírias, quando o Pastor começou falar com o fiel, o capeta respondeu: “tá me tirando?”.

Tenho um cliente para o Malafaia. Já contei aqui no blog que um amigo me disse que vem sendo possuído por um espírito de um marinheiro. Segundo ele, certa vez, encontrou o nome dele na boca de um sapo e desde então ele é possuído por esse espírito. Mas como já pude comprovar, coincidentemente a possessão sempre ocorre quando ele sai do bar e volta para casa.

Vi esse Pastor dizendo que quando eu não pago o dízimo eu estou roubando de Deus. Estranho é que Deus nunca fez nenhuma ocorrência contra mim, enquanto o Malafaia foi indiciado pela Polícia Federal por lavagem de dinheiro. Ouvi várias vezes que igreja dá dinheiro, mas só em alguns casos, na maioria das vezes ela toma.

Esse pastor disse que homossexualidade é doença e coisa do capeta. Acredito que teria mais sucesso com seu produto se ao invés de spray, fizesse um supositório. Fica a dica.

Já disse, mas vale reforçar que dizem que esse Pastor é um dos maiores picaretas que existem. Mas dessa vez ele está sendo injustiçado e até o capeta está com pena dele. Essa notícia é falsa e foi veiculada por um site de humor que “inventa” notícias, mas por se tratar de Silas Malafaia e como para ele “templo é dinheiro”, o pessoal acabou acreditando. Ele está tão feio na foto, que se jogar ela na encruzilhada, vão achar que é despacho.

Conheço muitos pastores que fazem um excelente trabalho, mas como toda unanimidade é burra, sempre tem aquele “representante” de Deus na terra que costuma abusar da fé alheia. E cá entre nós, dessa vez seria o fim da picada, ou melhor, da “sprayzada”.

Um comentário:

Jeferson disse...

Vc é comedia mano kkk