segunda-feira, 26 de junho de 2017

Morri, mas passo bem!


Passei mal no final de semana, fiquei com 40 graus de febre. E pude perceber o quão forte são as mulheres, não sei se é ironia, mas uma vez ouvi dizer que durante o parto as dores são tão fortes, que uma mulher quase consegue imaginar o que sente um homem com febre.

Para vocês que dizem que eu não pego ninguém, uma novidade: peguei uma gripe. Menos mal que não é gripe suína, já estava xingando o meu amigo Presuntinho por ter me contaminado. 

Quando ficamos mais velhos começamos a ficar igual ao meu carro: arruma o motor, fura o radiador, troca a embreagem, fura o tanque de gasolina e assim por diante. Percebo que a idade está chegando, pois quando eu era novo, o Mar Morto só estava doente. Daqui uns dias quando eu adoecer não vou mais precisar de médico, mas sim de um arqueólogo. 

Esses dias me ligaram oferecendo um plano de saúde. Eu recusei, já que eu não tinha plano de ficar doente. Me dei mal, afinal, tive que ir para um hospital público esse final de semana. 

Quando cheguei lá, logo de cara vi uma mulher muito brava, xingando todo mundo. Acho que ela não era paciente. 

Ao lado dela outra cantava: remove a minha pedra, me chama pelo nome ♪♫. Não entendi na hora, mas depois fiquei sabendo que ela tinha pedra nos rins. 

Dizem que sou antissocial, mas sempre faço amizade na sala de espera do hospital. Ganho a simpatia de todos falando mal dos médicos e do atendimento. Ainda mais quando peguei uma senha de atendimento que tinha mais número que o CEP de casa. Quando a atendente me deu aquele número achei que fosse o WhastApp dela. 

Ela me disse: "calma, senhor, é só uma febre, me diga qual é o seu plano". O meu plano é ser atendido rápido e ir embora dessa merda! 

Encontrei uma amiga minha lá no hospital. Eu vomitando e ela tirando foto nossa para colocar no Facebook. Na hora em que vi a postagem quando cheguei em casa pensei: ainda bem que só vomitei e não me caguei todo! 

Meus amigos ainda queriam que eu fosse para a noitada com eles. Me senti como a famosa Sambalelê da cantiga infantil. Sambalelê está doente, está com a cabeça quebrada. Aí o que querem que Sambalelê faça? 

( ) Tome um remédio 

( ) Procure um hospital 

( ) Fique de repouso 

(x) Sambe 

Só faltaram querer me dar umas boas palmadas porque não segui o conselho. Mas a lógica de todo mundo é essa, se você rir enquanto estiver doente, é porque já melhorou.

Um comentário:

Andressa Nunes disse...

descobri esse blog e já virei sua fã. Como você é lindo e criativo. Beijokas