quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Feliz dia do vizinho!


Essa semana é comemorado o dia do vizinho. Há quem não goste, mas vizinho é bom: quando não mora perto da minha casa. Tenho alguns vizinhos que não me curtem, mas adoram fazer comentários e compartilhar com outros. Vizinho é igual vidente, sabe da sua vida toda, mas nem ouse perguntar como.

Você está feliz e tudo está dando certo na sua vida, até aquele vizinho inconveniente te acordar cedo para pedir açúcar. Aquele, logo aquele que sabe sobre a vida de todos os vizinhos, mas não sabe o dia que o caminhão do lixo passa.

Está bom, estou sendo ranzinza, vizinhos tem lá seus lados positivos. Certo que se eu usar Wi-Fi do vizinho não é roubar, a partir do momento que o sinal entra na minha casa, invadindo minha propriedade privada. Quem nunca deu uma de hacker tentando descobrir a senha do Wi-Fi do vizinho com o nome dele mais o ano em que estamos? É apenas um chumbo trocado já que eles não perdem a oportunidade de usar o nosso Wi-Fi. Depois que troquei a senha aqui de casa, nunca mais vi um vizinho aí online. Pior que digitei o nome da minha mulher e descobri a senha do Wi-Fi dele, que burro!

E aquele vizinho que nunca ouviu falar em música boa? Quem não tem! É a 4ª Lei de Newton: para cada vez que o  seu rádio tocar uma música que te agrade, seu vizinho colocará um funk em volume igual ou maior na casa dele. E quando você está dormindo, sonhando que ficou rico e acorda com seu vizinho ouvindo pagode? Isso é tomar uma descarga de alta voltagem de realidade.

Dizem que a grama do vizinho é sempre mais verde. Não é só isso não, o churrasco dele também é sempre mais cheiroso. Esses dias minha sobrinha pegou o meu estilingue e ficou tentando estourar uma lâmpada no quintal do vizinho. Fui lá e dei uma bronca nela: Levanta mais a mão, senão você vai errar!

Ter uma namorada que é vizinha, é como vender droga ao lado da delegacia: não dá certo. Mas quando estou a toa penso: o ônibus ou minha vizinha, o que vier primeiro eu pego. Falando nisso, ontem meu vizinho se envenenou porque descobriu que a filha de 17 anos não é mais virgem. Coitado, tomou veneno com quase cinco anos de atraso.

Outro vizinho morreu esses dias. Ele teve 15 filhos e morreu aos 45 anos. A esposa dele disse que ele ainda era novo, e não gozou a vida. Imagina se tivesse gozado! Ainda nesse assunto, quem nunca acordou no meio da noite ouvindo os vizinhos transando e achou que esqueceu uma aba do navegador aberta?

Tenho um vizinho que se parece com o carro dele, uma Pick-up F250. Quando ele passa todo mundo fala: olha essa bichona!

Enfim, hoje é dia do vizinho, então vamos comemorar! Vamos fazer festa com som alto até amanhecer! E mais, quem nunca fez alguma brincadeira com a cara do vizinho que atire a primeira pedra... na janela dele!

Nenhum comentário: