quinta-feira, 3 de agosto de 2017

O povo fecha os olhos para tanta safadeza!


O que anda mais perdida que cueca em noite de núpcias, é a esperança do povo em relação à política. A situação está tão feia que dependendo do próximo presidente não haverá passagem de faixa presidencial, mas de tornozeleira eletrônica. Essa semana vimos uma coisa inédita na nossa política: um presidente foi absolvido por excesso de provas. Será que vamos ter que chamar um pastor pra tirar o Temer da presidência?

É fato que finalmente Michel Temer conseguiu unir o Brasil: ninguém gosta dele. Ele anda tão queimado que nos seu discursos vem falando mais rápido que o cara que diz: "Esse medicamento é contra-indicado em caso de suspeita de dengue" nas propagandas de remédio. E cá para nós, essas votações da Câmara dos Deputados são como os discursos do Temer: não fazem sentido.

Falando nas votações, durante a votação dessa semana percebi que a última vez que vi tanto bandido na TV foi quando assisti o filme Carandiru. Percebi também que no mundo, deputado é parlamentar. No Brasil, deputado é para-lamentar. A gente poderia substituir os deputados por bonsais, seria mais útil.

Os bandidos comuns para arrombar um cofre precisam de algumas bananas de dinamite, já aquela corja precisa somente de alguns eleitores bananas, já que os deputados são como Pôncio Pilatos, lavam as mãos e ainda entram na oração. O Temer já foi citado mais vezes na Lava Jato do que Clarice Lispector no Facebook, mesmo assim ninguém tira ele do poder e nem se manifesta. O cara está com 76 anos, imagine uma delação premiada dele: "Tudo começou lá, antes de Cristo, em uma licitação do Império Romano...".

O fato é que tudo anda tão confuso ultimamente que tivemos que aprender a escrever/falar Impeachment, Odebrecht, Triplex, Coercitivamente e Judicialização. Para ler sobre política no país temos que ter um dicionário português-inglês do lado. 

Enfim, ame uma pessoa como Romeu amou Julieta, Galvão ama Neymar e o Deputado Wladimir Costa (SD-PA) ama o Temer. O cara tatuou o nome do Presidente! Os eleitores dele deviam tatuar um alho para afastar deles esses espíritos ruins. Vimos tanto grampo, tanta gravação, tanto dedo duro e ainda não vazou nenhum nude, mesmo com esse Deputado pedindo pelo WhatsApp durante a Sessão. Isso só confirma minha teoria de que gente ruim não transa, te fode, mas não transa.

Nenhum comentário: