terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

A vida é uma internet lenta


Eu passo muito tempo na internet. Muito tempo mesmo. Tanto que quando eu morrer vão escrever na minha lápide: "enfim offline". Isso desde o tempo que computador era branco, ficava amarelado e tínhamos que colocar capa no teclado depois de usar. É, estou ficando velho, mas o lado positivo é que por já ter meus trinta e tantos anos, eu fiz todas as minhas maluquices antes de existir a internet e não tive nada vazado.

Nesse tempo todo na internet já vi de tudo, menos uma coisa: uma internet boa e rápida no Brasil. Por que eu não consigo nem conectar a internet móvel na minha casa na cidade, mas os terroristas conseguem fazer upload de seus vídeos direto de seus esconderijos subterrâneos no meio do deserto? É incrível! 

Chega a mensagem: "você atingiu 100% do seu pacote de internet, sua velocidade será reduzida". Aí eu te pergunto, qual velocidade? É como se a operadora me desse uma tartaruga e depois cortasse uma perna dela.

O povo fala que estou na internet só para reclamar. Claro que sim, se fosse para agradecer estaria na Bahia mandando oferenda para Iemanjá. Minha internet está tão lenta, que fui baixar o filme "Velozes e Furiosos" e depois de 2 dias apareceu um vídeo do Rubinho Barrichello. Como que não reclama? 

Minha internet está tão lenta que fui baixar a música "Pais e Filhos" do Legião Urbana e quando o download terminou já era "Avós e Netos". Da mesma banda, estou há três dias baixando a música "Faroeste Caboclo" e o Jeremias ainda nem chegou na capital.

Se Pedro Álvares Cabral navegasse com a velocidade da minha internet, ele ainda nem teria descoberto o Brasil. Minha internet acha que eu sou o Luan Santana para ficar 10, 20, 30 anos esperando ela carregar um meme.

A vida é aquela internet lenta que a gente não faz nada, mas também não desiste. Eu pedi a Deus paciência e ele me deu essa internet lenta para que eu aprenda.

De todos os males que a internet nos trouxe, a desilusão ortográfica amorosa é o pior. Triste flertar pela internet e a morena escrever "concerteza" ou "com migo". Falo isso, mas as pessoas só flertam comigo na internet mesmo, na vida real elas gostam é de ex ou Zé Droguinha. 

Passei uns dias com a minha namorada no interior e fiquei sem conexão durante este tempo. Graças a isso, percebi o que é mais importante na vida: a internet. Quase me casei com ela. Com a internet, claro. 

- Aceita a internet como sua legítima esposa, na saúde e na doença, no Wi-Fi ou no 3G, até que a chuva os separe?

Falando em chuva, todos dizem que chuva e Netflix é a melhor combinação. O problema é que aqui em casa quando chove a internet cai. Tomo até banho com o som ligado no máximo para minha internet não cair pensando que é chuva. 

Meu hobby predileto é ficar pesquisando na internet coisas que eu nunca vou ter dinheiro pra comprar. Esses dias comprei um produto pra secar a barriga na internet que disseram ser 100% comprovado: me mandaram uma toalha de banho. Há uns seis meses que comprei um livro chamado "Como não cair em golpes na internet" e ele ainda não chegou. Não vejo a hora dele chegar, não aguento mais cair em golpes. 

A internet móvel nos deu a liberdade de tomar decisões, trabalhar, pagar as contas e conversar com os amigos enquanto passamos um fax. Muita coisa legal, mas ainda assim tem gente que prefere entrar na internet só para brigar. Depois que o brasileiro acordou doutor em política, a internet virou um caos.

Briga pela internet sem Caps Lock ativo é igual show da Claudia Leitte no Rock in Rio: não faz sentido. Brincadeira hoje é assim, a quadra é a internet, a indireta é a bola. Essas são as regras da queimada do século XXI. O ruim de discutir pelo Facebook, é que não tem como imitar o que a pessoa falou com voz fina provocando.

Agora falando sério, uma coisa importante: sabia que é possível você ler algo que não concorda na internet e simplesmente seguir a sua vida? Reflita.

Enfim, a internet abre as portas para muita gente querendo dar opinião que não serve pra nada, inclusive essa aqui. Chega a dar dó da minha ingenuidade achando que você aí curtiu esse texto. É a mesma ingenuidade do Internet Explorer, quando ele pergunta se desejo torná-lo o meu navegador padrão. 

Um comentário:

Unknown disse...

Kkkkkkkkk curti sim!!!!
♡♡♡♡ abraços meu querido!!!
Te admiro muuuito!