Há 10 anos Ronaldo Fenômeno pendurava as chuteiras

Em fevereiro de 2011, o maior camisa 9 da história do futebol, Ronaldo Fenômeno, anunciava que iria pendurar as chuteiras. O craque três vezes melhor do mundo (1996, 1997 e 2002) e finalista em outras duas oportunidades, foi o mais jovem a conquistar tal feito, quando tinha apenas 20 anos.

Encantou o mundo sendo o atacante mais completo que já vi, unindo habilidade, velocidade, força e faro de gol. Ídolo do Real Madrid e do Barcelona, da Internazionale e do Milan, do Corinthians, do Cruzeiro. Ídolo dos brasileiros, o Fenômeno participou da campanha do tetra em 1994 e foi a grande estrela do penta em 2002, dando a volta por cima após várias contusões mostrando o quanto era decisivo.

Além das marcações cerradas de grandes zagueiros de sua época, Ronaldo sofreu muito com as graves lesões ao longo da carreira. A grande dúvida que tenho é quais feitos ele alcançaria sem essas lesões que o tirou dos gramados diversas vezes. Tinha tudo para ser o maior de todos os tempos!

Eu adoraria que fosse eterna sua passagem pelos gramados, mas os ciclos passam para todos. O que fica são as lembranças de lances genais e o exemplo de superação desse cara que como camisa 9 foi fenomenal. Dez anos se passaram e ainda temos saudade do Ronaldo em campo pela nossa seleção!

Comentários

Postagens mais visitadas