Microflorestas podem mudar a realidade urbana


Acompanhamos ações em que milhões de árvores estão sendo plantadas em todo o mundo na tentativa de combater as mudanças climáticas. Mas vários grupos ambientais vêm inovando e plantando microflorestas urbanas, do tamanho de uma quadra de futsal.

Essa microfloresta que ilustra o texto fica na Holanda. Não se tem espaço por lá, os bairros são bem povoados. Mas cada bairro tem cerca de 200 metros quadrados de terra árida que podem ser transformados em uma floresta natural, de acordo com Daan Bleichrodt, da organização IVN Tiny Forest.

A técnica de plantio usada, chamada "Miyawaki", vem do Japão. O primeiro passo é preparar o solo com nutrientes e um mix de árvores nativas. Em poucos anos, cresce uma floresta rica e densa. Plantando árvores em um solo fofo e rico em nutrientes, e próximas umas das outras, elas formam este pequeno ecossistema. Isso dá a elas a oportunidade de envelhecer, e as árvores que envelhecem sequestram muito carbono, atraem muita biodiversidade. Um estudo da Universidade de Wageningen, na Holanda, mostrou que uma floresta atraiu 600 espécies de plantas e animais.

No Brasil há alguns projetos pilotos em andamento e em estudo. Registro aqui essa ideia que todos possam conhecer, pesquisar mais e quem sabe ajudar o ambiente em que vive. Pequenas ações em conjunto acabam se tornando uma grande ação. O nosso planeta agradece.

Comentários

Postagens mais visitadas